Fotografo De Casamento Em Campinas | Ricardo Cintra | ISPWP Member Spotlight

Posted by ISPWP Admin on November 24th 2010 .Comment(1)

Photographer Contact Information

Denver, Colorado, United States Photographer

http://www.josephmilton.com admin@ispwp.com 503-317-2215

See This Photographer's Website

For today’s ISPWP member spotlight, we feature Campinas, São Paulo, Brasil wedding photographers Ricardo Cintra who owns Ricardo Cintra Fotografia.

Photographer Contact Information

Denver, Colorado, United States Photographer

http://www.josephmilton.com admin@ispwp.com 503-317-2215

See This Photographer's Website

Photographer Bio

Bio:

RICARDO CINTRA

Paulistano nascido em 1982. É apaixonado por fotografia desde criança e, em 2002, começou a trabalhar em uma loja de fotografia, onde teve contato com vários fotógrafos e começou a fazer freelancer. Foi onde tudo começou.

Trabalhou dois anos na loja e investiu tudo em equipamento. Nos horários vagos lia muitos livros e conheceu o trabalho de vários fotógrafos, espelhou-se nesses profissionais, participou de cursos com esses fotógrafos e, recentemente, com o americano Brian Marcus e o canadense Mark Ridout.

Sua vida é a fotografia, dedicando-se 24 horas a essa arte.

Em 2005 casou-se com a Lays, seu braço direito em tudo, sendo ela a responsável pela edição dos seus álbuns, realizando um trabalho de excelência, valorizando cada imagem.

Seus álbuns são feitos com muito amor e dedicação para surpreender seus noivos. Na reunião de portfolio apresenta todo seu trabalho e assume o compromisso de que no casamento deles, fará ainda melhor… Graças a Deus isto tem se confirmado, pois tem conseguido fazer um evento sempre melhor que o outro, aprimorando-se todos os dias, tirando dos eventuais erros, sempre grandes lições.

Em 2009 foi escolhido como fotógrafo da sessão “Wedding Best”, o melhor da fotografia de casamento nacional, na revista Fhox. Essa seção traz o trabalho de um fotógrafo de casamento que se destaca por trazer algo diferente para o mercado.

No ano de 2010 realizamos varias conquistas importantes para nossa carreira entre elas o reconhecimento pela ISPWP e a WPJA .

Como você iníciou e por que você escolheu a fotografia de casamento como uma carreira?

Sou apaixonado por fotografia. Em 2002, comecei a trabalhar em uma loja de fotografia, onde tive contato com vários fotógrafos e comecei a fazer freelancer. Foi onde tudo começou. Meus primeiros trabalhos foram dentro da fotografia de casamento, além disso adoro fotografar pessoas. É muito bom pode eternizar momentos e contar uma historia através de uma câmera.

Qual sua parte favorita do dia do casamento para fotografar?

Acredito que cada momento é especial e tem sua particularidade. Uma das partes mais importantes do dia do casamento é a cerimônia, é onde conseguimos registrar as fotos mais emocionantes e expressivas. Também adoro a hora que os noivos estão na pista de dança com os familiares e amigos, é um momento onde conseguimos retratar a alegria e emoção do casal.

Quais os tipos de casamento que você mais gosta de fotografar?

Não tenho um favorito. O casamento pode ser durante o dia, no campo ou à noite. Acredito que os noivos precisam estar emocionados, apaixonados… As fotografias ficam lindas em qualquer lugar, desde que eu tenha a oportunidade de capturar a melhor expressão e os sentimentos das pessoas fotografadas.

Quais são os locais de seu interesse para fotografar casamento?

Nossa equipe atua na maior parte do tempo no interior de São Paulo, mas fotografamos em qualquer lugar do Brasil e fora do Brasil.

Que conselho você daria a uma noiva que está à procura de um fotógrafo de casamento?

Acredito que em primeiro lugar eles precisam procurar um fotógrafo que tenha um trabalho dentro do estilo que eles estão procurando. Hoje existem vários estilos diferentes de fotografia de casamento. Outra fator importante é ter um contato direto com o fotógrafo e se sentir à vontade, para que estejam relaxados no momento de serem fotografados. É importante ainda ter uma referência do profissional e se possível acompanhar os trabalhos recentes que o fotografo está executando para confirmar se o mesmo mantém seu padrão.

Quais são suas dicas para ajudar aos noivos a obterem boas fotos no dia do casamento?

Na semana do casamento nós marcamos uma reunião com o casal para acertar os detalhes de como serão feitas as fotos e dar algumas dicas do que eles podem fazer nas horas que não pode haver a intervenção do fotografo, como por exemplo, na cerimônia. Se essa reunião não puder ser pessoalmente nós fazemos por telefone. Porém, reforço que é muito importante ter esse feedback na semana do evento.

Qual é a importância de contratar um fotógrafo experiente de casamento?

Não só o fotógrafo, mas todos os profissionais que forem atuar no casamento, é importante que tenham experiência para executar o trabalho do começo ao fim. Os noivos não podem e não devem se preocupar com o decorrer do evento, por isso é importante ter profissionais capacitados. Muitas das vezes também, os noivos não são especializados em fotografia, inclusive com relação aos assuntos que devem ser registrados. Assim, um bom profissional não vai deixar faltar nada e poderá até instruir o casal.

O que você acha que é o maior desafio de fotografia de casamento?

Temos várias áreas dentro da fotografia. Eu acredito que a que exige maior conhecimento e agilidade é a fotografia de casamento. Mas não basta saber só a parte técnica; o fotógrafo tem que atuar com psicologia para saber conduzir e se relacionar com os noivos no dia do casamento, deixando-os tranqüilos e, com isso, captar de forma especial o sentimento das pessoas. O maior desafio é: Conseguir trabalhar em diversas situações de luz, aplicar a técnica e ao mesmo tempo registrar os sentimentos e emoções. Nós não podemos errar ou perder os momentos mais importantes.

Você faz “casamentos do destino?” Em caso afirmativo, quais são os seus destinos favoritos?

Sim, desde que o lugar seja bonito, não tenho nenhum lugar preferido.

O que você faz para se divertir quando não está fotografando casamentos?

Adoro viajar com minha esposa e conhecer lugares novos, amo a natureza e sempre que posso vamos para lugares diferentes.

Como você descreveria o seu estilo de fotografia?

Nosso estilo é uma mistura da fotografia tradicional com o fotojornalismo e com uma iluminação elaborada. Acredito que um bom álbum precisar ter fotos espontâneas mostrando o real que o casal realmente estava sentindo no dia mais importante de suas vidas, mas também é necessário ter retratos dos noivos e familiares.

O que você oferece aos seus clientes que é único? Todos os trabalhos acompanham álbuns?

Dentro dos nossos trabalhos estão inclusos os álbuns (livros) em diversos formatos e acabamentos. Além do registro e o álbum de casamento, nós fazemos o ensaio pré-casamento que poderá ser finalizado em um livro ou slideshow e o Street Wedding que é uma nova proposta para o casal. Maiores informações do Street Wedding no Site: www.ricardocintra.com
Acredito que o fotógrafo precisa fazer o trabalho completo. Após o registro do evento tem a parte de pós-produção que é fundamental para um belo trabalho. Acredito que o fotógrafo não pode entregar os arquivos em um dvd para uma terceira pessoa executar fora do seu padrão.

Como você descreveria o estado atual da indústria de fotografia de casamento, e como você acha que a fotografia de casamento seguirá nos anos vindouros?

Acredito que a fotografia de casamento está crescendo não só no Brasil mas em todo o mundo. Cada dia que passa tem mais fotógrafos capacitados fazendo um trabalho artístico. Mas também vem crescendo o número de aventureiros que acreditam que bastam ter um bom equipamento para executar um trabalho. Em minha opinião o fotógrafo precisar sim ter um bom equipamento, mas aquele que a sua experiência exige para executar o trabalho.

Você encontrou alguns produtos, serviços ou seminários que têm feito a diferença para a fotografia ou o seu negócio?

Sim, participo de todos os congressos e workshops que posso com fotógrafos brasileiros e estrangeiros. Sempre nos possibilitará agregar algo a mais para nossa fotografia e o negócio em geral.

Você já palestrou ou ministrou cursos de fotografia?

Sim, esse é um projeto que iniciamos nesse ano de 2010 e graças a Deus estamos conseguindo um ótimo resultado.

Qual é o melhor conselho que você daria pra quem quer ser fotógrafo de casamento?

Primeiramente amar essa profissão e, o sucesso, é uma conseqüência! E estudar muito, adquirir conhecimento com outros fotógrafos e saber se relacionar. O evento do casamento acontece só uma vez, por isso é fundamental saber o tamanho da responsabilidade que está em nossas mãos.

O que você diria que foi a maior razão para seu sucesso?

Primeiramente, aproveitar cada oportunidade que tive. Segundo, saber respeitar o tempo, as coisas não acontecem do dia pra noite. E estudar muito! Não é fácil fotografar casamento. Terceiro, sempre buscar fazer um evento melhor que o outro, não podemos achar que sabemos tudo, aprendemos a cada dia.

Você segue todos os blogs de fotografia ou empresa?

Sim, aprendi e continuo aprendendo muitos com vários fotógrafos.

Quais os planos que você tem para o futuro do seu negócio para o próximo ano?

Graças a Deus nosso trabalho tem tido um reconhecimento enorme dos clientes e com isso, a procura e indicação aumenta a cada dia. Nosso maior projeto é estar em uma cidade maior, mais próximos de grandes centros. Temos um projeto de abrir um escritório na cidade de Campinas-SP no ano de 2011.

Qual é o maior desafio para os fotógrafos de casamento hoje?

O maior desafio é se destacar e se manter no mercado porque cada dia que passa tem mais fotógrafos. Acredito que além de fazer belas fotos, precisamos ter um bom relacionamento. Quando unimos um bom trabalho com um bom relacionamento, obtemos o sucesso.

Qual a importância de um ter um bom relacionamento?

Precisamos ter a consciência de que quem nos coloca no mercado são as indicações não só dos noivos que já fotografamos, mas principalmente dos profissionais que estão nessa área. Hoje temos excelentes fotógrafos, mas que infelizmente estão fora do mercado por não saberem se relacionar. Acredito que aprender a fotografar não é o maior desfio de um fotógrafo, mas a arte de se relacionar é muitas vezes o maior desfio para o sucesso.

Other posts you might like :

1 Comments

Walter J Cintra Jr March 1st 2011 at 02:14 PM

Ric, mais uma vez, parabéns pelo trabalho e reconhecimento profissional. Você e Lays merecem, estão trabalhando muito para obter esse tipo de resultado. Merecido!

Leave a Comment

Previous Next